Paliativo

Cuidados paliativos para pacientes oncológicos ou não.

O que é Cuidado Paliativo?

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), em conceito definido em 1990 e atualizado em 2002, “cuidados paliativos consistem na assistência promovida por uma equipe multidisciplinar, que objetiva a melhoria da qualidade de vida do paciente e seus familiares, diante de uma condição que ameace a vida, por meio da prevenção e alívio do sofrimento, da identificação precoce, avaliação impecável e tratamento de dor e demais sintomas físicos, sociais, psicológicos e espirituais”.

Para quais pacientes os Cuidados Paliativos são recomendados?

Há recomendações internacionais para que a equipe de cuidados paliativos acompanhe o paciente já nas fases iniciais de doenças graves como câncer, AIDS, demências, esclerose lateral amiotrófica, mieloma múltiplo, esclerose múltipla, dentre outras. O acompanhamento precoce é indicado pois muitos tratamentos provocam sintomas incômodos e de difícil controle. Uma equipe especializada e atenta pode fazer a diferença para a manutenção de qualidade de vida, dando suporte durante todo o tratamento.

O que os Cuidados Paliativos fazem?

Uma equipe de Cuidados Paliativos cuida de pacientes graves, ou seja, que tem condições que ameacem a continuidade da vida. Além disso, Cuidados Paliativos acompanham em conjunto familiares e entes queridos durante o processo, tentando, através das melhores práticas em comunicação, alinhar desejos e realidade impostas pelo quadro clínico.

Os Cuidados Paliativos servem apenas para pacientes terminais?

Os Cuidados Paliativos estão indicados desde o diagnóstico de uma condição grave, porém quando a doença já se apresenta em estágio avançado ou evolui para esta condição , a intenção da abordagem paliativa, além do manejo de sintomas de difícil controle,  será auxiliar paciente-familiares e equipes no processo de tomada de decisão, compatibilizando os desejos e valores do paciente com os melhores recursos terapêuticos e diagnósticos disponíveis.

O objetivo é acrescentar vida aos dias!

Na fase final de uma doença, o olhar atento de uma equipe multiprofissional de cuidados paliativos pode acrescentar vida aos dias, através do controle impecável dos sintomas, proximidade com familiares e entes queridos, valorizando o indivíduo em suas singularidades e realizando desejos.

Dúvidas? Entre em contato