Pular carregamento

Blog

Gustavo Genelhu explica as principais causas e tratamentos que acometem essa doença

Assim como o Outubro Rosa, o Novembro Azul também foi criado para alertar da importância dos exames de prevenção e o diagnóstico precoce deste tumor. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), estima-se que para cada ano do triênio (2020-2022), sejam diagnosticados mais de 65 mil casos dessa doença que atinge a próstata. Além disso, ainda segundo o instituto, essa é a segunda principal causa de morte por câncer em homens, levando em consideração que a cada 41 homens, um falecerá por esse motivo.

Por esses motivos, é sempre importante ressaltar os principais fatores e informações referentes a esse assunto, mostrando como o Novembro Azul pode ajudar homens a lidar com isso. 

“Entre algumas das condições que facilitam o surgimento desse tipo de câncer estão a idade avançada, genética familiar e raça negra. É comum, que homens acima de 60 anos tenham mais predisposição e pelo fato de não existir um autoexame, torna-se mais importante as consultas médicas pelo menos uma vez por ano”, explica Gustavo Genelhu, médico geriatra e fundador do Hospital de Transição Royal Care

Além disso, o médico ainda afirma que o uso de hormônios com base na testosterona pode precipitar o surgimento desse tumor maligno. 

Apesar de muitas vezes esse câncer ser assintomático, é sempre bom estar atento a micção frequente, fluxo urinário fraco ou interrompido, vontade constante de urinar durante a noite e sangue na urina e no sêmen. Caso ocorra dores em outras áreas do corpo, como quadris, coxas, costas, ombro ou algo semelhante, pode indicar que a doença se disseminou. 

Dependendo do estágio da doença, o tratamento pode ser clínico, com radioterapia e quimioterapia, ou cirúrgico. As chances de cura também variam, mas caso seja feito um bom diagnóstico e antecipado, pode reduzir até 70% o risco de morte. 

“O exame de toque retal é essencial. Tanto a Associação Americana de Urologia, quanto a Sociedade Americana do Câncer recomendam o screening anual (exame completo para detecção de tumor na próstata”, comenta  Genelhu. 

O que muito se acontece, atualmente, é a vergonha de realizar esse exame, por ele ser mais invasivo. No entanto, ao evitá-lo, o homem pode estar colocando sua saúde em risco. 

“Além disso, existem algumas medidas que até os mais jovens podem tomar para prevenir, como atividades físicas, manter o peso adequado, diminuir o consumo de álcool e não fumar. O cuidado com a nossa vida deve sempre ser a prioridade, e com isso levar essas informações e os exames a sério podem evitar problemas mais graves no futuro”, finaliza o médico.  

Sobre o Hospital Royal Care 

O Royal Care é um hospital de transição e longa permanência que presta cuidados extensivos a pacientes em internação para tratamento clínico, com foco no acolhimento e na humanização. Com funcionamento 24 horas, foi cuidadosamente planejado para proporcionar ao paciente crônico o conforto de um lar, garantindo, ao mesmo tempo, toda a estrutura necessária ao seu tratamento, com ênfase na reabilitação motora, respiratória e psicossocial, no suporte nutricional e nos cuidados de enfermagem.